Caio Cunha reforça seu posicionamento contra os pedágios em Mogi das Cruzes

Após sessão para discutir mais um capítulo desse processo, prefeito afirma que ‘Mogi está vencendo a batalha’

Divulgação/Caio Cunha

Durante a tarde dessa quarta-feira (28) o prefeito de Mogi das Cruzes realizou uma Live em suas redes sociais para ressaltar e atualizar informações sobre o projeto para a instalação de pedágio no trecho da rodovia Mogi-Dutra.

Caio Cunha (Podemos) ao lado da procuradora jurídica Dalciani Felizardo trouxeram novas informações afirmando que uma vitória parcial foi conquistada após participar da sessão que discute o desenvolvimento dessas ações na cidade do Alto Tietê.

“Mogi das Cruzes está vencendo a batalha contra a instalação do pedágio na Mogi-Dutra” afirmou Cunha.

Essa declaração tem como base o posicionamento emitido pelo conselheiro Renato Martins Costa, do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em favor do município, o conselheiro estabeleceu um prazo de 5 dias para que a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) se manifeste sobre sua competência jurídica para publicar o edital que envolve o pedágio na cidade mogiana.

“A gente está muito perto da derrubada desse edital do pedágio aqui na Mogi-Dutra. Nós estamos vencendo, nós temos a razão. A Procuradoria do Município tem acompanhado de perto, fez o que tinha que ser feito e agora nós estamos a poucos dias de uma decisão do Tribunal de Contas”, completou o prefeito.

Aguardando o prazo estabelecido pelo conselheiro, aos poucos podemos observar o desfecho dessa situação que pode afetar diretamente o bolso dos moradores de Mogi das Cruzes.