Dia da Árvore aborda a importância do meio ambiente

O objetivo da comemoração do Dia da Árvore, para quem sempre se perguntou é promover a importância da preservação das árvores e das florestas do mundo

Quando somos crianças, temos o costume de comemorar datas que são esquecidas quando crescemos. A vida adulta passa a nos tomar o tempo com preocupações que julgamos ser maiores, como entrar numa faculdade e ter um bom emprego, e assim, nos esquecemos dos significados que existem por trás de tais assuntos, e a relevância que isso tem em nossas vidas. Isso acontece com o Dia do Índio, Dia da Água e o Dia da Árvore que é comemorado hoje, 21 de setembro.


No caso do Dia da Árvore, o objetivo da festividade é conscientizar a população sobre a importância da preservação das florestas e das zonas verdes em centros urbanos. A data também serve para lembrar os benefícios trazidos pela preservação do meio ambiente no nosso cotidiano, os impactos causados em nossa saúde e na biodiversidade de cada localidade, até porque, tudo está conectado.


A data também é destinada a promover a reflexão em relação ao desmatamento de áreas de preservação ambiental, e até nas próprias ruas de onde vivemos. Quem nunca sentiu falta de uma sombra enquanto andava pela rua em um dia quente? Pois bem, quanto mais árvores plantadas nós temos, a qualidade do ar fica melhor para respirarmos pois elas aumentam a umidade do ar devido a evapotranspiração - a soma da evaporação da água pela superfície de solo mais a transpiração dos vegetais, passando para a atmosfera no estado de vapor -, evitam erosões, reduzem as temperaturas e assim por diante.


E o mais importante disso tudo, é que além de as árvores além de realizar a fotossíntese e nos ajudar a ter ambientes mais agradáveis, elas ajudam nos ecossistemas existentes em cada região. No caso de Guararema, não seria possível ver tantas espécies de aves e as famosas capivaras se o ecossistema não estivesse funcionando normalmente. Além disso, as árvores têm um papel de extrema importância na economia. A partir dela, são extraídas matérias-primas como a celulose, a madeira que é bastante utilizada na confecção de móveis e na construção civil. Outras são utilizadas na indústria farmacêutica por possuírem propriedades medicinais. 

HISTÓRIA DO DIA DA ÁRVORE
Essa data comemorativa surgiu em finais do século XIX, mais precisamente no dia 10 de abril de 1872.Foi nessa data que Julius Sterling Morton (1832-1902), político e jornalista estadunidense, decidiu plantar uma grande quantidade de árvores no estado do Nebraska, nos Estados Unidos.
O “Day Arbor”, como ficou conhecido, foi um marco ecológico da conscientização e preservação das espécies arbóreas. Desde aquela época, as árvores vinham sofrendo com o desmatamento e a extinção de muitas espécies, ocasionando problemas ambientais em diversas regiões e a destruição da biodiversidade.
Pelo fato do dia da árvore ser comemorado mundialmente com a chegada da primavera, muitas nações adequam esse dia a partir das características físico-climáticas de seus países. Assim, na Alemanha, o Dia da Árvore é comemorado dia 25 de abril. Na Polônia, é comemorado no dia 10 de outubro. Na Tanzânia, no dia 1 de janeiro.

POR QUE 21 DE SETEMBRO?
A data foi escolhida por ser o dia que antecede o início da primavera no hemisfério sul. O mais interessante dessa data, é que apesar de ser conhecido pelo nome Dia da Árvore, a data hoje em dia tem outro nome: Festa Anual das Árvores. Essa nomenclatura foi instituída em 24 de fevereiro de 1965 pelo decreto federal 55.759. Isso porque o Brasil possui diferentes características climáticas ao longo do ano, o que dificulta o plantio de árvores no mês de março em estados do norte e nordeste. Nesse período, essas regiões passam pelo período de secas.