Vacina contra o coronavírus começa a ser aplicada em profissionais de Segurança Pública de Guararema

Entre eles estão os integrantes do serviço ativo das Polícias Civil, Militar, incluindo efetivo do Bombeiro e dos Policiamentos Ambiental e Rodoviário, e Técnico-Científica

Reprodução

Os profissionais de Segurança Pública de Guararema começaram a ser vacinados contra o coronavírus na última segunda-feira, 05. Por se tratar de uma imunização regional, o Comando de Policiamento de Área Metropolitana Doze (CPA/ M-12) da Região do Alto Tietê solicitou que a vacinação ocorresse na Universidade Mogi das Cruzes (UMC).

Entre os profissionais que serão vacinados nesta fase, estão os integrantes do serviço ativo das Polícias Civil, Militar (incluindo efetivo do Bombeiro e dos Policiamentos Ambiental e Rodoviário) e Técnico-Científica. 

Para se vacinar, o profissional terá que realizar um cadastro prévio no site “Vacina Já” (vacinaja.sp.gov.br/). Os profissionais serão informados dos locais para a imunização, assim como os dias e horários recomendados.

É importante lembrar que, na instituição de ensino onde ocorre a vacinação contra a Covid-19, estão sendo adotados todos os protocolos de organização e higienização do local de vacinação e alinhamento dos procedimentos dos profissionais da Polícia Militar envolvidos na vacinação. 

A vacinação é exclusiva aos profissionais da ativa das instituições, com exceção daqueles que não atendem aos critérios médicos estabelecidos pelas autoridades de saúde, como gestantes, lactantes, ter tido a COVID-19 há 30 dias ou menos. Apesar de importante, o registro, porém, não é obrigatório.

Campanha estadual

A estrutura montada para imunizar os agentes inclui 82 pontos de vacinação vinculados a unidades da Polícia Militar. Serão nove na Grande São Paulo, incluindo o que atende Guararema, 21 na Capital, e outros 52 pontos no interior do Estado.