Prontuário afetivo resgata lembranças e auxilia na recuperação de pacientes com Covid-19 internados em Guararema

A Santa Casa da cidade disponibiliza fotos de entes queridos e momentos especiais aos internados; iniciativa vem apresentando efeitos positivos na recuperação dos pacientes

Reprodução

Uma foto da família, do almoço de domingo, ou de um passeio que ocorreu no passado. Essas e outras lembranças fazem parte do prontuário afetivo disponibilizado pela Santa Casa de Guararema para pacientes que se recuperam da Covid-19 no município.

Durante o tratamento da Covid-19, os pacientes se sentem sozinhos e distantes de pessoas e momentos especiais. Com a rotina de isolamento, os pacientes podem se sentir deprimidos, o que pode dificultar o tratamento da doença.

Neste contexto, a iniciativa, já adotada por outros municípios, traz lembranças das pessoas e dos momentos bons que os aguardam, humanizando o tratamento.

A ideia do prontuário afetivo surgiu da equipe multiprofissional de internação da Santa Casa de Guararema, que é formada por um médico, equipe de enfermagem, farmacêutico, nutricionista, psicólogo e fisioterapeuta.

"A Secretaria de Saúde estimula e apoia todo processo de humanização com os pacientes e com a equipe. Por isso, nós apoiamos integralmente a implantação deste novo projeto", explica a secretária municipal de Saúde, Adriana Martins. "O prontuário afetivo é um mecanismo que viabilizamos para que, no momento em que o paciente não pode estar com a família, ele tenha combustível para vencer essa doença", completa a titular da Pasta.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o prontuário afetivo vem apresentando efeitos positivos na recuperação dos pacientes. De acordo com a Pasta, a iniciativa vem alterando o ânimo e dando mais força para a  recuperação das pessoas internadas com Covid-19.

Programa Acolher

Também com o intuito de auxiliar na recuperação dos pacientes internados, a Prefeitura de Guararema lançou em abril de 2021 o Programa Acolher, um comitê de acolhimento ecumênico viabilizado pela Secretaria Municipal de Saúde integrado por diferentes líderes religiosos com o objetivo de oferecer amparo psicológico e apoio religioso aos pacientes com Covid-19, atendidos na Santa Casa de Guararema. Além dos pacientes, o acolhimento também abrange os familiares, com o atendimento do líder religioso escolhido.

Quando o paciente chega à Santa Casa para ser internado, um psicólogo da Secretaria Municipal de Saúde é acionado para fazer a primeira abordagem, buscando informações pessoais sobre a pessoa.

Após esta abordagem técnica, o profissional da Saúde apresenta ao paciente o comitê de acolhimento, deixando à disposição o apoio do líder religioso de acordo com sua crença. A partir da aceitação, a equipe da Saúde de Guararema faz uma ponte entre paciente e o líder religioso.