Na próxima semana o "Projeto Circus" estará exposta na Estação Literária de Guararema

Divulgação

O Projeto Circus surgiu da paixão pela arte circense e toda a sua atmosfera. Neste contexto, segue a paixão do fotógrafo pelo espetáculo, pelas cores, texturas e formas. A importância e a magia do circo encantam os olhares dos telespectadores por gerações. O Projeto Circus é uma tentativa de responder a questionamentos sobre as diferentes estruturas, os diferentes públicos e todas as pessoas que acompanharam ao longo dos anos . De forma natural, o trabalho humaniza um pouco essa atmosfera de magia e sonho e traz para perto as equipes envolvidas na produção do show, que são as grandes responsáveis pela verdadeira magia. O início do Projeto se deu há pouco mais de 7 anos. Para essa mostra, foram fotografados oito espetáculos. Mas o Projeto Circus não termina aqui, o fotógrafo pretende expandir cada vez mais o número de espetáculos fotografados. A exposição do Projeto Circus acontece de 14/05 a 27/07, na Estação Literária Prof. Maria de Lourdes Évora Camargo, rua 19 de Setembro, número 233, Centro deGuararema. Terça, quinta e sexta-feira, das 9h às 20h. Quarta-feira, das 9h às 22h. Sábados e Feriados, das 10h às 18h. A entrada é gratuita e a classificação é livre. Sobre o fotógrafo Ederson Fungaro, Fotógrafo, Bacharel em Publicidade e Propaganda com MBA em Gerenciamento de Projetos pela Universidade de Mogi das Cruzes e extensão em Direção de Arte pela Belas Artes de São Paulo. Na fotografia, iniciou seus estudos no curso básico no ano de 2011. Participou de algumas exposições e viu suas fotos publicadas em meios de comunicação consagrados como Folha de São Paulo, Vice, A Semana, Mogi News, Diário de Mogi, Gazeta da Região, entre outros. Em 2014, recebeu pela a Secretaria Municipal de Cultura de Mogi das Cruzes a menção honrosa na categoria Profissional no Concurso de Fotografia Revela Mogi, com o retrato "O Sorriso na Melhor Idade". No ano de 2018, participou de duas imersões fotográficas sobre fotojornalismo e fotografia de conflitos com o fotógrafo André Liohn. Também em 2018, iniciou seus estudos na fotografia subaquática, onde certificou-se pela PADI como "Digital Underwater Photographer", com o fotógrafo e instrutor de mergulho Márcio Lisa. Em agosto do mesmo ano, ele participou do festival de fotografia "Farofa", no município de Suzano, apresentando seu trabalho na cobertura fotográfica após a tragédia de Bento Rodrigues, no município de Mariana, no estado de Minas Gerais. Atualmente Ederson é Fotógrafo e Cinegrafista Subaquático pela Escola de Mergulho Tubarões dos 7 Mares, onde ele também atua como Arte Educador e Fotógrafo Documental.