Guararema

Guararema se junta à campanha contra abuso sexual infanto-juvenil

O projeto consiste em ações que estimulam a participação das crianças e adolescentes com o objetivo de prevenir e combater este tipo de violência

Redação

Publicado

há 4 semanas

em

Guararema se junta à campanha contra abuso sexual infanto-juvenil

Divulgação PMG

Em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, celebrado em 18 de maio, a Prefeitura Municipal de Guararema intensifica ações de conscientização ao longo de todo o mês. A campanha ‘Faça Bonito’, coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, visa mobilizar a população contra a violência sexual infanto-juvenil.a

Organizada pelo Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, a campanha inclui atividades como passeatas, debates e outras ações que envolvem diretamente a comunidade escolar e a sociedade. O objetivo é prevenir e combater esse tipo de violência.

Em Guararema, as ações são conduzidas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação e englobam diversas atividades. Adolescentes atendidos pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e peo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) participam de mobilizações. No dia 17, materiais informativos serão distribuídos na entrada e saída das escolas municipais. Entre os dias 16 e 29, grupos de família no CRAS e CREAS também serão mobilizados.

A campanha ‘Faça Bonito’ enfatiza o diálogo respeitoso, a empatia, a solução de conflitos e relações igualitárias. Também foca na divulgação dos sinais de violência, abuso e exploração sexual. Através de oficinas, palestras e rodas de conversa, a comunidade escolar é engajada para criar um ambiente de proteção e segurança para crianças e adolescentes.

A instituição do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Criança e Adolescente foi sancionada pela Lei Federal 9.970/2000. Este dia visa mobilizar a sociedade brasileira em defesa dos direitos de crianças e adolescentes e na luta pelo fim da violência sexual. O apoio de instituições locais, como escolas, organizações não governamentais e setores de saúde, é fundamental para a efetividade das ações propostas.

Mais informações sobre o projeto, que adota a Flor Amarela como símbolo da campanha, estão disponíveis no site façabonito.org. A flor representa a beleza da infância, a vulnerabilidade infanto-juvenil e o compromisso com o combate à exploração sexual. Além disso, o site oferece recursos educativos e orientação sobre como identificar e denunciar casos de abuso.

Legenda da foto: Faça Bonito. A Flor Amarela representa a beleza da infância e a vulnerabilidade infanto-juvenil