Guararema não terá biometria obrigatória nas eleições de 2020

Tribunal Eleitoral recomenda que moradores realizem o procedimento o quanto antes para evitar filas

Foto do Jornal O Novo

O ano de 2019 se encerrou e com ele muitas cidades acabaram seus processos para realização do cadastro biométrico obrigatório no Estado de São Paulo. Diferente de 479 cidades, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Guararema é um dos poucos municípios que não necessitam da biometria para as eleições de 2020.

Segundo uma lista divulgada, outras cidades do Alto Tietê também poderão votar este ano sem realizar o cadastramento, como: Mogi das Cruzes e Suzano. Apesar da não obrigatoriedade, em breve, Guararema terá prazo definido para a biometria, as datas ainda não foram divulgadas, mas a expectativa do Tribunal é de realizar o procedimento em todo o estado até as eleições de 2022.

Somente em 2019, cerca de 7,3 milhões de eleitores se cadastraram em todo o estado, o número representa 97% da meta estipulada pelo tribunal. Nos municípios em que a biometria ainda não é obrigatória, os eleitores também podem se antecipar, colaborando para evitar filas e garantindo o exercício sua cidadania.

O procedimento é simples, rápido e precisa de agendamento prévio. Os documentos necessários para a biometria são: documento de identidade oficial, comprovante de endereço recente e título de eleitor, se tiver.

O link para agendamento é https://apps.tre-sp.jus.br/AgendaBioOrdinario. O procedimento para os moradores de Guararema pode ser feitos na 319ª zona eleitoral de Mogi das Cruzes, das 12h às 18h, na Rua Francisco Franco, 179- Centro. Tel. (11) 4726-2949, ou no Poupatempo de Mogi, de segunda a sexta, das 8h às 17h e sábado das 8h às 13h, na Av. Vereador Narciso Guimarães, 1000 Centro Cívico.