Acidente na Rodovia Presidente Dutra

Divulgação

Uma idosa de 90 anos morreu no último sábado, (11), em um grave acidente envolvendo dois caminhões e um carro de passeio na Rodovia Presidente Dutra, na altura do bairro Parateí, em Guararema. Os motoristas dos caminhões foram presos por homicídio culposo e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, segundo o boletim de ocorrência que foi registrado na delegacia da cidade. Por volta das 20h, os veículos seguiam no sentido São Paulo, quando no quilômetro 176, o motorista do caminhão que trafegava na frente perdeu o controle da direção, bateu no muro de proteção e parou atravessado no meio da pista. O carro que seguia logo atrás freou e conseguiu evitar a colisão, mas a segunda carreta que se envolveu no acidente não conseguiu parar e acabou prensando o carro onde estavam as três vítimas que eram de uma mesma família. A idosa Maria Miranda Martins faleceu ainda no local do acidente. O corpo da senhora foi velado em Guararema e o enterro foi realizado na segunda-feira, (12), no município de Jundiaí. A nora dela foi levada ao Pronto Socorro de São José dos Campos em estado grave e o filho da idosa foi levado ao Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes, com ferimentos leves. Segundo a polícia, o motorista do caminhão que não conseguiu parar estava sob efeito de álcool. Já o motorista que perdeu o controle foi considerado imprudente por praticar manobra arriscada e repentina ao frear o caminhão sem justificativa. Os dois motoristas foram presos, onde passaram por audiência de custódia, na qual a Justiça converteu a prisão em flagrante em prisão preventiva. Ainda no local do acidente, outra pessoa foi presa durante a ocorrência. Um homem que estava no local se aproveitou da movimentação e do congestionamento provocado pelo acidente e entrou em um dos caminhões para furtar dinheiro, celulares, bolsas e alguns pertences pessoais. Um dos motoristas viu a ação do suspeito e avisou os policiais que conseguiram prender o homem. No momento da prisão, ele chegou a agredir os policiais militares e acabou sendo preso por roubo impróprio.