Guararema intensifica testagem de Hepatite C

Neste mês, conhecido como “Julho Amarelo”, a Secretaria de Saúde de Guararema pretende intensificar a  estagem para hepatite C, com foco nos adultos maiores de 40 anos, bem como o aconselhamento a todos. Durante todo mês, as Unidades Básicas de Saúde estarão com a campanha de teste da doença e palestras aos grupos do  Bolsa Família nos bairros Centro, Jardim Dulce e Guanabara. Nos casos positivos da doença, haverá  encaminhamento para realização de exames complementares e tratamento, se indicado. Instituído em 2010 pela Organização Mundial da Saúde, 28 de julho é considerado o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. Elas se tratam de doenças provocadas por diferentes vírus que apresentam características distintas (A, B, C, D e E). Possuem distribuição universal e existem diferenças territoriais na ocorrência e magnitude destas de acordo com o agente etiológico e o tipo de exposição das pessoas aos vírus. O “Julho Amarelo” visa conscientizar sobre a importânciada prevenção, do diagnóstico e do tratamento das Hepatites Virais. As hepatites A e B podem ser
prevenidas com a vacinação. Para a hepatite C existe cura e para a hepatite B conta com tratamento. Até o momento, não há vacina para a hepatite C. Estima-se que cerca de 71 milhões de pessoas estejam infectadas pelo vírus da hepatite C em todo o mundo e que cerca de 400 mil vão a óbito todo ano, devido a complicações desta doença, principalmente por cirrose e carcinoma hepatocelular. O Ministério da Saúde estima que 0,7% da população, entre 15 e 69 anos, no Brasil teve contato com o vírus da hepatite C. O que corresponde a  aproximadamente 1 milhão de pessoas. Desses, estima-se que quase 700.000 pessoas tenham a doença e
necessitam de acompanhamento e tratamento. A Secretaria de Saúde, por meio da Prefeitura de Guararema, explica que o grande desafio é o diagnóstico da doença. Por ter longa evolução e que, geralmente, não apresenta sintomas, os pacientes podem ter se contaminado no passado e não sabem que têm o vírus. Porém, a infecção pode
evoluir para formas mais graves como a cirrose ou o câncer hepático. Por isso a recomendação de realização do teste para hepatite C pelo menos uma vez na vida, com o objetivo de diagnosticar e tratar o mais precocemente.
Unidades para atendimento no município: Centro de Especialidades de Saúde e Apoio à População "Rolando  Campagnoli"


(CESAP) - 4693-3558
Rua Vicente de Paula, 110
Centro
Unidade Básica de Saúde
- "Benedito Antonio Mariano"-
4693-3448
Av. Francisca Lerário,
955 - Lambari
Unidade Básica de Saúde
"Guiomar Franco da Cunha"
- 4693-4693
Rua Padre Manoel da
Nóbrega, 35 - Jd. Dulce