Perito criminal recebe menção honrosa por operação realizada em Guararema

Luis Aviles foi reconhecido e condecorado pela qualidade dos serviços prestados em exercício funcional

Divulgação

Na quarta-feira (4) foi realizada na sede da Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC), no bairro Butantã (SP), uma solenidade em comemoração ao Dia Nacional do Perito Criminal.

Durante o evento aconteceu uma homenagem com menção honrosa para cerca de 80 profissionais de perícia, entre, peritos, fotógrafos e desenhistas da Polícia Científica de São Paulo que se destacaram e desenvolveram trabalhos de excelência no ano de 2019.

Um dos homenageados foi o perito criminal Luis Aviles, que recebeu reconhecimento pela condução de equipes em trabalhos periciais, como o massacre a escola Raul Brasil na cidade de Suzano (13 de maio) e a tentativa de roubo a bancos na cidade de Guararema (4 de abril), além de outras. Segundo Luis, foi realmente uma honra ser homenageado pela Superintendência Policial.

Para prestigiar a cerimônia, estiveram presentes diversas figuras importantes relacionadas a segurança do Estado, como o secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, o secretário executivo da polícia civil, delegado de polícia Dr. Youssef Abou Chahin, o Superintendente da SPTC, o perito criminal Dr. Maurício Rodrigues Costa, além dos Diretores dos Institutos de Criminalística e Médico-Legal.

Fora as homenagens realizadas, houve também o descerramento de dois quadros de fotos, um dos ex-diretores do Instituto de Criminalística da Polícia Científica do Estado de São Paulo (IC) e outro dos ex-superintendentes da Superintendência da Polícia Técnico-Científica.

Sobre a cerimônia, o secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos afirmou a importância deste cargo para a sociedade. "Trabalhar com o policiar e periciar é um chamamento. Por isso, exercer essas funções não é uma missão, é destino. A todos que aqui estão, parabéns", afirmou o secretário.