Dólar tem maior queda diária em quase dez anos e fecha em R$ 3,71

Divulgação

O recuo veio após anúncio, na véspera, feito pelo presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, de que serão usados todos os instrumentos "necessários" para conter a pressão sobre o câmbio. A moeda norte-americana caiu 5,50%, vendida a R$ 3,7074. Na mínima do dia, o dólar alcançou R$ 3,6954. Esta foi a maior queda percentual diária desde 13 de outubro de 2008.