Mogi das Cruzes

Prefeitura de Mogi inaugura terceira Instituição de Longa Permanência para Idosos

Novas instalações visam atender idosos que viveram em situação de rua

Redação

Publicado

há 1 mês

em

Prefeitura de Mogi inaugura terceira Instituição de Longa Permanência para Idosos

Crédito da foto: Warley Kenji/PMMC

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, inaugurou nesta quinta-feira (14/06) a terceira nova unidade de acolhimento institucional para idosos, ampliando para sete o total de instituições desse tipo na cidade. Com esta inauguração, Mogi das Cruzes passa a oferecer 145 vagas de acolhimento para pessoas idosas.

O novo equipamento é pioneiro no Brasil: uma Instituição de Longa Permanência para Pessoas Idosas (ILPI) com atendimento exclusivo para idosos que viveram em situação de rua. O prefeito Caio Cunha participou da entrega e destacou a importância de políticas públicas baseadas em evidências. “Esse novo equipamento une dois nichos da sociedade que estão crescendo muito e que precisam de atenção humanizada e especializada”, afirmou. O diretor técnico da Drads, José Rezende, elogiou a gestão da Assistência Social de Mogi das Cruzes como um modelo a ser seguido no país.

A nova unidade terá uma metodologia de atendimento especializada para homens idosos que viveram em situação de rua e atualmente sofrem de enfermidades ou declínio de autonomia, com capacidade para atender 12 pessoas. “O novo atendimento é oferecido de acordo com a necessidade atual, dentro da política pública construída pelo município para a área de Assistência Social”, explicou a secretária municipal de Assistência Social, Adriana Ferreira dos Santos. Ela destacou a importância do planejamento de ações e políticas públicas especializadas diante do envelhecimento populacional.

A nova unidade atenderá um público previamente mapeado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e oferecerá proteção integral. O acolhimento é uma medida excepcional, adotada quando todas as possibilidades de autossustento e convívio familiar são esgotadas.

O serviço será executado em parceria com a OSC Cáritas Diocesana de Mogi das Cruzes e monitorado pela Vigilância Socioassistencial da Secretaria de Assistência Social.