Última edição do ano do ECO-Sexta é realizada em Guararema e traz como tema o consumo

Tema será ministrado pelo engenheiro químico Carlos Orlando Villarraga, que é licenciado em Biologia e Química

Foto da Prefeitura

Na sexta-feira (13), às 14h, acontece no Núcleo de Educação Ambiental (NEA) o último encontro da ECO-Sexta do ano de 2019. O evento é gratuito, no entanto, necessita de inscrição prévia.

O tema a ser abordado nesta ECO- Sexta será "Consumo: O Necessário e o Supérfluo" e a partir dele, pretendem-se fazer várias reflexões sobre tudo o que é necessário e o que não é para o consumo do dia a dia, os assuntos do encontro levam em consideração principalmente o ecossistema e pretendem conscientizar os munícipes sobre a importância de uma cidade limpa e bem cuidada.

O tema será ministrado por Carlos Orlando Villarraga, que é engenheiro químico licenciado em Biologia e Química, idealizador do Projeto SEMEAR na Obra Social Célio Lemos e líder dos projetos de sustentabilidade na OSCL.

ECO-Sexta: Criada para proporcionar a Educação Ambiental junto à população de Guararema, o projeto oferece teorias e práticas do Poder Público, de ONGs e empresas. Realizada sempre em uma ou mais sextas-feiras do mês, a ECO-Sexta aborda temas diversos, sempre dentro da temática do Meio Ambiente, chamando a população para discussão e atuação na cidade.

Durante os encontros realizados, diversos profissionais passaram pelo ECO-Sexta, como Renata Branco Santoro, Tatiana Motta, Carlos Orlando Villarraga e outros. O projeto é realizado pela Prefeitura de Guararema.

NEA - O Núcleo de Educação Ambiental fica na Ilha Grande de Guararema e é um espaço de aprendizado especialmente reservado para debates e discussões sobre assuntos relacionados a preservação e a conscientização do meio ambiente.

O Núcleo de Educação Ambiental (NEA) fica na Praça Lydia Custódio Dominguez – Centro (Ilha Grande). Os contatos para mais informações sobre o ECO-Sexta e para realizar as inscrições são o e-mail [email protected] ou o telefone (11) 4693-8000 (ramal 8071).