Mogi reforça fiscalização e fecha 7 estabelecimentos neste final de semana

Além disso, outros 11 foram autuados por desrespeito às restrições de combate à pandemia

Prefeitura Municipal de Mogi das Cruze

Sete estabelecimentos foram fechados em decorrência de aglomerações e quebra de restrições impostas para conter a disseminação da Covid-19 em Mogi das Cruzes, neste final de semana. Um foi multado em R$ 5.625,30 por desrespeito à Lei do Silêncio e dois foram multados em R$ 9.375,50 por realização de pancadão. 

Segundo a Prefeitura Municipal, além do fechamento destes estabelecimentos, mais 11 autuações foram aplicadas, também  por desrespeito às regras de combate à pandemia. Cada espaço foi multado em R$ 1.875,10.

Foram esvaziados duas adegas localizadas no Centro e na Vila Cintra, duas tabacarias que ficam no Mogilar e em Braz Cubas, uma casa noturna no Centro, um bar também na Região Central e uma quadra de futebol no distrito de Jundiapeba.

O trabalho foi realizado pela Secretaria Municipal de Segurança, com participação do Departamento de Fiscalização de Posturas e da Guarda Municipal. Ele faz parte das ações da administração municipal para o combate à pandemia de Covid-19 na cidade. 

Chamados

Entre a noite de sexta-feira e o domingo, a Prefeitura de Mogi das Cruzes recebeu 251 chamados da população por meio do telefone 153. Além das paralisações e autuações, também foram feitas nove notificações a estabelecimentos e 59 orientações.

O órgão reforça que a Guarda Municipal realiza o patrulhamento constante da cidade, mas a população também pode colaborar com este trabalho por meio de denúncias, que podem ser feitas pelo telefone 153.