Motorista da Uber é morto ao entrar por engano em comunidade no Rio de Janeiro

Divulgação

Nesta quarta-feira, 18, um motorista da Uber foi assassinado ao entrar por engano em uma favela de Niterói, região metropolitana do Rio. Temendo ataque de rivais, criminosos da comunidade Palmeira, que fica no bairro Fonseca, dispararam contra o Cobalt dirigido por David F. S. Soares, de 38 anos. Em nota, a Polícia Militar informou que a vítima já foi encontrada morta no interior do veículo.